Os impactos do novo coronavírus nas rotinas de comunidade

1 min read

coronavírus

Recentemente, tive uma conversa muito bacana sobre os impactos do novo coronavírus com uma community builder que trabalha com a produção de eventos.

Para quem não sabe, eu sou especialista no digital mas simplesmente adoro conhecer builders de comunidades físicas. Sempre aprendo muito e tenho ótimos insights nessas conversas!

O ponto é que, durante o nosso papo, ficou muito claro pra mim o maior desafio que a pandemia do coronavírus trouxe para as comunidades físicas: a dificuldade de construir conexões entre pessoas que antes estavam simplesmente ali e agora não aparecem nem para uma chamada de vídeo.

Para quem estava acostumado a fazer um meetup na cafeteria do coworking e juntar pelo menos 50 pessoas, fazer uma live para 3 participantes pode ser realmente frustrante.

O pessoal da Distrito, por exemplo, está se reinventando para promover cursos e eventos digitais e manter toda sua comunidade empreendedora reunida e conversando.

Já no digital, a maior mudança que observei foi no tipo de engajamento.

As comunidades viraram fóruns de desabafo, com os membros querendo ainda mais atenção e estando muito mais sensíveis às respostas que recebem. Todo dia é um atrito diferente!

Outro ponto foi a necessidade de leveza. Com a difícil realidade trazida pelo novo coronavírus, as pessoas estão buscando na comunidade um espaço de fuga para conversar sobre amenidades e distrair a cabeça.

Se você se identificou com algum desses cenários, aqui vai meu conselho: respeite o processo.

Se você não tem uma comunidade nascida no digital, não trabalhe como se ela já o fosse criando lives a rodo e esperando que as pessoas apareçam.

No digital, se seus membros querem conversar sobre a última série da Netflix, não faça um tópico sobre os índices do novo coronavírus e espere uma chuva de opiniões.

Planeje, teste e veja o que funciona antes de se cobrar resultados. Construir comunidades, afinal de contas, sempre foi e sempre será um trabalho de longo prazo ─ estando ou não numa pandemia.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Quer mais conteúdo sobre marketing de comunidade? Inscreva-se na nossa newsletter, é grátis.

Inscreva-se agora, cancele quando quiser.